As rugas são pregas na pele que surgem pela perda do colagénio com o avançar da idade. Contudo, o seu aparecimento pode ser acelerado por fatores externos, nomeadamente grande exposição solar, tabagismo e uso prolongado de drogas e álcool.

Existem quatro tipos de rugas diferentes, cada uma com sua especificidade: rugas de expressão, finas, profundas e gravitacionais.

O órgão humano que mais evidência o envelhecimento é a pele. Com o envelhecimento, o colagénio, componente fundamental do tecido conjuntivo, torna-se gradualmente mais rígido e a elastina, outro componente do tecido conjuntivo, vai perdendo a sua elasticidade natural devido a redução do número de fibras elásticas e de outros componentes do tecido conjuntivo. O declínio das funções do tecido conjuntivo faz com que as camadas de gordura, sob a pele, tornem-se menos uniformes. A degeneração das fibras elásticas aliada à menor velocidade de troca e de oxigenação dos tecidos provoca a desidratação da pele, resultando no surgimento das rugas.

As linhas de expressão são a base para o enrugamento da pele. Com o passar dos anos, a pele perde a sua elasticidade, estas linhas tornam-se rugas permanentes. Existem diversos fatores que contribuem para o surgimento das rugas, nomeadamente genéticos, hormonais, nutricionais, vasculares e climáticos.

Para a medicina chinesa, o trabalho excessivo, uma vida sexual desregrada, o stress, a alimentação descuidada, o dormir pouco, o tabagismo e outros fatores, consomem energia vital e com isso, o envelhecimento torna-se mais rápido. Além disso, a deficiência de líquidos orgânicos no organismo, que tem a função de nutrir e humedecer a pele e os músculos, faz com que os mesmos se tornem desidratados.

A acupuntura, a eletroestimulação, a moxabustão, a fitoterapia, a massagem e aplicação local de ervas podem ser técnicas utilizadas no tratamento das rugas. Estas favorecem a estimulação de energia na área desejada e proporcionam um eficaz rejuvenescimento facial. Além disso, estimulam a formação e a organização das fibras de colagénio e elastina e equilibram a tensão da musculatura facial.

Para obter um bom resultado e atenuar significativamente as rugas de expressão, é necessário tonificar o músculo flácido e sedar o músculo rígido. O número de sessões depende da quantidade e da gravidade das rugas. O tratamento é realizado individualmente em cada ruga, não sendo possível tratar todas as rugas numa única sessão. Os resultados esperados, em média, são obtidos após 12 sessões, quando a pele apresenta um aspeto mais macio, tonificado e elástico.

Núria Basílio

Centro de Acupunctura do Funchal

Leave a reply