O outono é a estação de transição entre o calor de verão e o frio do inverno. Energeticamente é a estação de elemento metal e seus órgãos correspondentes são o Pulmão e Intestino Grosso.

Com a mudança de estação, a energia começa a contrair-se voltando para dentro para se acumular e armazenar. Devemos libertar-nos do que está a mais, a fim de poupar energia, tanto a nível emocional como físico. Desta forma, podemos dizer que o outono é a estação da introspeção e da meditação, da reflexão de pensamentos antigos e dos excessos das emoções adquiridas no verão.

Se resistirmos a esta energia e ficarmos ligados ao passado podemos criar estados de tristeza, melancolia e depressão que se exteriorizam através de dores nas costas, dificuldades respiratórias, problemas de pele e diminuição da resistência física.

A cor associada ao metal é o branco, símbolo de pureza e essência. Podemos identificar uma pessoa com desequilíbrio de pulmão, através da cor extremamente branca do rosto.

O desequilíbrio do metal (pulmão e intestino grosso) traduz-se por falta de vitalidade, perturbação generalizada, problemas de garganta, doenças débeis, fragilidade emocional, depressão, discurso incoerente, eczema, asma, gripe, nariz entupido, choro frequente, perdas afetivas, relacionamentos terminados, perdas de entes queridos, entre outros. Se sentir algum destes sintomas é sinal que não está bem.

É hora de parar e fazer uma avaliação de sua vida até esse momento.

Alguns dos cuidados a ter nesta altura do ano (e não só!) é a alimentação. Devemos eliminar o excesso de humidade e fortalecer a nossa energia defensiva (wei qi), que deriva da energia do pulmão mais forte.

Alguns alimentos que drenam as humidades (líquidos) é o alho, rabanete, cebola, cevada, feijão azuki, feijão preto, frango, nabo, etc. Identicamente devemos consumir alimentos que aqueçam o organismo e fortaleçam a nossa resistência como alho, cebola, canela, batata, salsa, coentros, inhame, mostarda, pimenta, rúcula, gengibre, etc. Igualmente devemos beber bastantes líquidos, mesmo na forma de chás ou infusões, como gengibre, erva-doce, canela, anis-estrelado.

Outra coisa muito importante é a libertação dos sentimentos. É importante fazer uma autoanálise e libertar-se dos paradigmas emocionais que não acrescentam nada na vida e que só fazem sofrer. As mágoas guardadas tornam-nos mais melancólicos e tristes. Se perceber que é difícil fazê-lo só, deve procurar ajuda de um profissional.

Outro bem fundamental e excelente para a saúde é a prática de exercício físico com regularidade. O qi gong, o tai qi chuan e mesmo uma caminhada ao ar livre só beneficia o corpo e a mente aumentando a energia defensiva do nosso organismo.

Aproveite este período para se conhecer melhor e mudar o que tem que ser mudado na sua vida, rever relações, hábitos e projetos. Deixe ir, limpe seus armários e papéis deitando fora tudo o que não precisa, revendo e avaliando os seus objetos guardados.

Odília Abreu

Centro Acupunctura do Funchal

WhatsApp chat