A Acupunctura no Tratamento da Enxaqueca

A Enxaqueca é uma das patologias que conduzem inúmeras pessoas à consulta de Medicina Tradicional Chinesa. Isto porque cada vez mais os portadores desta patologia acabam por ter conhecimento da eficácia desta Milenar Medicina no seu tratamento.
A enxaqueca é um tipo comum de dor de cabeça, intensa e pulsátil (latejante), que normalmente afecta um lado da cabeça. A acompanhar a dor podem surgir sintomas como vómitos, náusea e intolerância à luz (fotofobia) e ao som (fonofobia). Estes sinais podem durar apenas algumas horas, mas em casos excepcionais podem ir até três dias. A enxaqueca tem uma componente genética e é uma resposta individual a factores ambientais, como o barulho, o som, etc.
Para a Medicina Tradicional Chinesa existem várias causas para esta patologia sendo a mais frequente distúrbios energético-sanguíneos ao nível da extremidade cefálica. A região normalmente afectada na enxaqueca é percorrida por um meridiano (trajecto ou linha imaginária por onde circula a energia) da Vesícula Biliar. Quando acontecem transtornos energéticos do órgão Fígado, a Vesícula Biliar fica afectada podendo desencadear a enxaqueca. Os factores que podem provocar este distúrbio podem ser climatéricos (exposição ao vento), psíquicos (stress, irritabilidade, preocupação, cansaço mental, …), alimentares (gorduras, condimentos, álcool, …) e genéticos.
No tratamento recorre-se á Acupunctura e Fitoterapia Chinesa com o objectivo de normalizar o desequilíbrio energético e aliviar a sintomatologia.
Na Acupunctura estimula-se pontos específicos que ajudam o corpo a regular o fluxo sanguíneo nos pequenos vasos que geralmente estão constrição na altura da crise e a promover o equilíbrio dos níveis de serotonina. A ciência moderna demonstrou que a serotonina, um neurotransmissor natural, cuja missão é transmitir os impulsos nervosos de uma célula para outra do cérebro, pode desencadear determinadas respostas nas células cerebrais, que podem ter um efeito nas crises de enxaqueca. Esta consideração teve início quando se descobriu que a quantidade de serotonina na urina de um doente aumentava frequentemente durante uma crise. Em seguida, notou-se que no momento em que se verificava um aumento dos níveis de serotonina na urina, o seu nível no sangue diminuía. Estas e outras observações levaram à formulação da teoria de que as cefaleias poderiam estar associadas a uma diminuição da quantidade de serotonina que chega ao cérebro. Além disso, a Acupunctura libera endorfinas, os analgésicos naturais do organismo. Mais importante a Acupunctura relaxa músculos tensos, o que também pode ajudar a aliviar enxaquecas. Um típico tratamento Acupunctura com a duração entre 30 minutos a uma hora é uma experiência confortável e relaxante.
A Acupunctura é um tratamento eficaz contra a dor de cabeça crónica entre elas a Enxaqueca e por isso, deve ser mais utilizada, segundo investigadores britânicos, revelando que os doentes que recorreram a esta técnica tiveram menos dias de enxaqueca que os tratados convencionalmente. O estudo, publicado no British Medical Journal, concluiu que os indivíduos que receberam acupunctura sofreram menos 22 dias e utilizaram menos 15 por cento de medicação comparativamente ao grupo que não recebeu acupunctura.
A revista inglesa The Lancet (Março de 2006) chama a atenção para a importância da acupunctura na prevenção da enxaqueca. A revista informa que cerca de 50% das pessoas tratadas com acupunctura apresentaram significante diminuição das crises de enxaqueca. 
O estudo foi realizado na Alemanha com 400 pessoas, durante 27 semanas, com 10 aplicações de acupunctura em 6 semanas. O grupo de comparação recebeu diariamente medicamento preventivo (betabloqueador).

A Fitoterapia Chinesa utiliza fórmulas terapêuticas muito antigas á base de ervas e plantas com o objectivo de tratar etiologicamente a patologia, ou seja agir na causa.
Na primeira consulta é feito o diagnóstico à luz da Medicina Tradicional Chinesa e em função do mesmo é feita uma prescrição de Fitoterapia Chinesa e elaborado um protocolo de pontos de Acupunctura. Regra geral a Acupunctura numa fase inicial é efectuada uma vez por semana durante 10 sessões. Após estes tratamentos, em função da evolução do utente, são efectuadas quinzenalmente ou mensalmente até estabilização da situação. Numa fase inicial espera-se que haja uma melhoria substancial da frequência e intensidade da Enxaqueca e numa fase posterior o objectivo é a prevenção da mesma. A Medicina Chinesa acredita que tratando a causa consegue-se a cura na esmagadora das situações e na prática clínica constata-se que as pessoas que recorrem a este tratamento deixam de ter Enxaqueca ou na pior das hipóteses têm uma melhoria bastante significativa da frequência e intensidade da mesma.
Em suma a Medicina Tradicional Chinesa através da Acupunctura e Fitoterapia Chinesa pode ser uma resposta eficaz no tratamento da Enxaqueca, com a vantagem de ser natural, isenta de efeitos secundários, levando a que haja uma diminuição ou mesmo eliminação das crises, contribuindo para a redução ou mesmo eliminação da quantidade de Fármacos ingeridos para o alivio da mesma. Mais importante é que pode restaurar a qualidade de vida das pessoas que sofrem desta situação.

Dr. António Franco

Leave a reply